segunda-feira, 12 de abril de 2010

Está tudo na sua cabeça II

Pensando bem, o homem poderia ser menos expositivo em suas relações e/ou intenções.


“Carlos, por que pôs o volume do filme no máximo? Vou ficar surda!”
“Porque eu não tô escutando.”
"Ah é? Tá bom, então."
E sai do quarto irritada, sem saber dos porquês. Foi dormir no sofá.


Ainda à mesa de bar. "Pois é, eu bem que tentei chamar o Binho. Liguei pra ele, mas veio com uma história de esfirras que não entendi direito, com aquela voz calma que dá raiva: cara, sabe o que é, estou fazendo esfirras, e não posso sair com vocês agora. Já já elas ficam prontas."


João, meia hora antes, à moça: "...te amo."


Destarte fácil seria. Mas já éramos assim, não?

6 comentários:

Tomas disse...

HA!

Augusto disse...

surra de pau mole na cara!

Bá disse...

Binhôôô

Rafael Bin Bean disse...

Acho que tudo bem
fazer um texto assim,
mas acho um crime
não divulgar o
blog que deu origem
a esse título e que
a partir de maio , vulgo
este mês, terá, pelo menos,
um post semanal e com menos vírgulas . . .


acessem www.neurotropina.blogspot.com

akele hug

PS : as esfirras ficaram ótimas diga-se de passagem

Rafael Bin Bean disse...

Por mim tudo bem escrever
um post como esse , fazendo
uso de uma personagem tão complexa,

mas seria um crime
não divulgar explicitamente
o blog que deu origem ao título
do post e que a partir de maio,
vulgo este mês, terá, pelo menos,
um post semanal e com menos vírgulas

acessem
www.neurotropina.blogspot.com

Akele hug

Diga-se de passagem as esfirras ficaram otimas

Rafael Bin Bean disse...

escrever esse post
tudo bem , mas
nao divulgar o blog
que dá origem ao título
e cujo autor faz parte
do seu post , isso tem nome,
se chama sacanagem , ainda
mais quando o blog está voltando
com , pelo menos, um post semanal
e com menos vírgulas
que esse comentário . . .

acessem: www.neurotropina.blogspot.com

akele hug

e as esfirras estavam otimas